WWE Payback 2017 | O que rolou e resultado dos palpites

2

náusea vinhetaMinha camaradagem!

Como vocês bem sabem, ontem teve mais um pay per view da WWE, o Payback.

Mas, antes de mais nada…

Concurso de palpites Payback 2017 – Quem levou?

Dessa vez teve bem menos gente participando – no Wrestlemania foram quase 20 – mas ainda assim foi disputadaço, com nada mais nada menos que UM TRIPLO EMPATE EM PRIMEIRO LUGAR, com cinco acertos de oito possíveis (Finn Bálor e Miz não chegaram a lutar, então não conta).

Empate mais ou menos…

Porque eu expliquei no post que o critério de desempate nesse caso seria o horário do comentário, então quem postou mais cedo levou vantagem.

Primeiro lugar

Jonathan

Eles postou seus palpites ainda no dia 28/4 e por isso ficou com o primeiro lugar pelo critério de desempate, levando:

Um cupom que dá 10% de desconto no valor total de compras nos nossos parceiros do Mercadão Wrestling.

Payback
Clique na imagem para visitar a loja

Um adesivo exclusivo da Falange.

PaybackAlém de um poster tamanho A3 de um superstar à sua escolha –mesmo que ele não esteja na WWE no momento.PaybackSegundo lugar

Victor Paes

Por ter postado depois, leva adesivo da Falange e cupom desconto.

Terceiro Lugar

Lucas Dias Reis

Ficou em desvantagem porque postou seus palpites quase no fim do prazo. Leva um cupom desconto pra casa.

Próximo concurso de palpites: no Backlash, dia 21 de Maio. Fiquem ligados!

E vamos ao Payback

Enzo & Big Cass vs. Luke Gallows & Karl Anderson (Luta de abertura)

Eu não gosto da parte “novelinha”da WWE. Eu assisto mais pelas lutas e o kickoff de ontem foi especialmente cansativo pra mim. Teve a luta de abertura – essa aí de cima – e depois teve aquela mesa redonda de mentira com Jerry “The King” Lawler cagando regra, como sempre. Pra completar ainda teve uma entrevista com Cesaro e Sheamus.

Pra que mesmo? E ainda faltavam vinte minutos pro card principal começar.

Falando em enzo…

Não dá, fodas. Enzo é muito ruim. A luta se resumiu a ele tentando desesperadamente fazer a tag depois de apanhar feito um cachorro e o club impedindo das mais variadas formas.

Porra, isso não é tag team, é uma palhaçada. Pra completar ainda ganharam na trapaça, numa luta que na real nem tinha razão de existir. Errei o palpite.

Vencedor: Enzo & Cass

“Miz TV” especial, com Finn Bálor

The former WWE Universal Champion finally can't take it anymore and brings the attack to Miz.

Voltando ao kickoff…

Quinze pras nove começou o Miz TV, com aquele esquema de sempre. Finn Bálor foi chamado e entrou com roupas civis, meio que sinalizando que realmente não haveria uma luta de verdade.

E eu fiquei me perguntando pra que colocar um segmento desses, que já vemos praticamente toda semana, na porra de um pay per view?

O que salva é o proprio Miz, que pelo menos na minha opinião é um dos melhores atores do elenco. Ele sacaneando a entrada de Bálor, que realmente é longa pra cacete, foi bem engraçado.

Depois Miz lembrou que Bálor foi Campeão Universal sim, o primeiro deles, mas só por 24 horas.

E aí balor anuncia q vai pegar seu titulo de volta, o que significa que vai começar uma treta entre Bálor e aquele cara branco, com uma espada tatuada e uma cabecinha quadrada esquisita, não lembro o nome dele… tem um tempão que não aparece.

E aí, Miz provoca, apanha e o segmento acaba, como sempre.

Volto a perguntar: pra que isso num pay per view? Uma parada que poderia estar facilmente no RAW de daqui a pouco. Enfim, prosseguindo…

United States Champion Kevin Owens vs. Chris Jericho

Pois é, quando uma coisa parece muito óbvia, desconfie. Essa foi a lição que eu e muita gente aprendeu ontem depois dessa luta. Como falei no post anterior, aqui ficção e realidade se misturam e sabemos que Jericho está de saída, então parecia uma luta dada pro Owens.

Parecia.

Foi uma luta ok, nada muito impressionante, além de deixar todo mundo se perguntando qual será o próximo passo, agora que Jericho é a nova “cara da América” e ainda mudou de brand. E errei de novo.

Vencedor: Chris Jericho

WWE Cruiserweight Champion Neville vs. Austin Aries

Esperava uma das melhores lutas do evento e não me decepcionei: mais uma vez, Aries e Neville estavam no topo dos cascos e entregaram tudo que se espera de uma luta de cruzadores.

Até que Neville bate no juiz, perde por desqualificação e mantém o título.

http://geradormemes.com/media/created/yqvt6g.jpg

Sim, pode. Lembrem que a luta valia título. Com isso, pra levar o título você tem que de fato vencer seu oponente, por pin, submissão ou ring out. Nada disso aconteceu, então Aries ganhou, mas não levou.

Curti essa solução porque mantém a treta acessa, fora que acertei o palpite.

Vencedor: Austin Aries

Raw Tag Team Champions The Hardy Boyz vs. Sheamus & Cesaro

Essa luta foi legal mas acima de tudo inesperada: quem aí apostou num heel turn de Cesaro e Sheamus? Ah, fala sério! Ninguém esperava por isso.

Depois de tanta gentileza nas lutas anteriores e até de outra demonstração de desportividade depois de terem perdido ontem, Cesaro e Sheamus resolveram atacar os Hardy Boyz pelas costas e foram bem vaiados.

Talvez essa agressão gratuita possa ser o início da gimmick do “Broken Matt”. Talvez. Vamos aguardar o RAW de hoje por mais pistas. Ah! Errei de novo.

Vencedor: The Hardy Boyz

Raw Women’s Champion Bayley vs. Alexa Bliss

Porra, essa foi foda: apostei todas as fichas em Bayley por dois motivos: 1- tem, ou tinha, uma historinha com a Sasha Banks se desenvolvendo e 2 – ela estava lutando em sua cidade natal.

Mas aí entra a mesma situação de Owens e Jericho: estava óbvio demais e eu devia ter desconfiado.

Vencedora: Alexa Bliss

Seth Rollins vs. Samoa Joe

With how personal the stakes are, Seth Rollins and Samoa Joe waste no time going after each other.

Preciso confessar que esperava mais dessa luta e na real, ontem me liguei que essa “saga do joelho bichado” do Rollins já começou a ficar chata.

Reparem bem: a luta se desenrolou de uma forma muito parecida com a do Wrestlemania, contra o Triple H. A coisa de não conseguir fazer certos golpes, de cair, pisar de mal jeito e passar a luta mancando… quer dizer, legal? Legal. Mas agora chega. Já tá na hora de uma luta do Rollins em igualdade de condições. Pelo menos acertei o palpite dessa vez.

Quem ganha? Seth Rollins.

WWE Champion Randy Orton vs. Bray Wyatt – House of Horrors Match

Mas afinal, que caralhos é uma luta da casa dos horrores?

Ai ai… e no final era uma espécie de filme de terror de baixo orçamento.

Eu não sei nem o que falar, na moral. Fora que nem ao vivo era – apesar de ter um selo gigante de “ao vivo” na tela, durante o segmento da casa.

Como eu sei disso? Clica aqui.

A impressão que eu tenho é que a WWE não sabe muito bem o que fazer com Bray Wyatt no momento e isso me preocupa.

Sim, porque falei aqui sobre a polêmica da mudança de brand ter sido feita de última hora e sem aviso. E se vocês acompanham o RAW, devem se lembrar que a WWE ensaiou uma treta entre Wyatt e Finn Bálor, que ontem anunciou estar indo atrás daquele cara com uma espada tatuada. Aquele que quase não aparece… não lembro o nome.

No final, Randy Orton saiu por cima mais uma vez, já que foi atacado pelos Bollywood Boys – que não usam mais esse nome – e pelo Jinder Mahal, que havia roubado o título de Orton na semana passada. Wyatt fez o pin em Orton como faria um heel covarde. Não entendi nada, e vocês? Acertei o palpite, mas não da forma que queria.

Vencedor: Bray Wyatt

Roman Reigns vs. Braun Strowman

RAPAZ… SERÁ QUE ACABOU O

Payback

Um dia eu ainda entendo o que a WWE tenta fazer com o Roman Reigns. Eles querem que ele seja a cara da companhia nessa próxima década, já ficou bem claro.

Mas ele nunca vai ser face. Não tem o cacoete de face, como tinham The Rock e até mesmo Steve Austin. Aí ontem, me pareceu que tentaram fazer a plateia ficar com pena do cara ou de repente respeitá-lo mais, afinal, mesmo todo quebrado, Roman aceitou o desafio e foi lutar.

Mas sei lá, não vejo futuro pra isso aí não. A plateia gritando “Obrigado Strowman” só confirma o que eu falo. E acertei de novo!

Vencedor: Braun Strowman

É isso,

No final das contas, achei o Payback 2017 um show ok: longe de ser horroroso, mas também parecido demais com o que a gente poderia ver em qualquer programa semanal. O Backlash, do Smackdown, é o próximo pay per view e considerando que teremos a estreia de Shinsuke Nakamura, provavelmente teremos a marca azul se sobressaindo esse mês.

Até a próxima, no Backlash tem mais concurso de palpites e bjundas, meu povo!

 

COMPARTILHAR

1,2, nem me viu, já sumi na neblina.

  • Jonathan

    Ganheeeeeeeeeeeeeei

    • Camarada, te mandei um email explicando como tudo vai funcionar. Me responde assim que der.