Manchetes da Mãe | Livro de colorir Witcher 3 e outras novidades

0

Mãe SerpenteSaudações, falangeiros e falangeiras! Hoje é quarta, dia de Manchetes da Mãe. Um item oficial inusitado irá se juntar aos produtos derivados da franquia The Witcher (CD Projekt Red): um livro de colorir Witcher 3. Além disso, a Nintendo continua trabalhando para ter versões de grandes jogos para seu novo console. E dessa vez é Resident Evil Relevations 1 2 (Capcom) que seguem para o Nintendo Switch. Por fim, a campanha de financiamento coletivo do jogo Re:Legend (Magnus Games) bateu sua meta em menos de 18 horas, e continua ultrapassando todas suas recompensas extras.

E para quem preferir a versão em vídeo das Manchetes, elas já saíram no canal de YouTube da Falange.

Livro de colorir Witcher 3 | Diversão de crianças… para adultos

É cada vez mais natural que grandes franquias de videogame tenham produtos derivados. Faz parte da estratégia de toda empresa tentar maximizar os lucros do desenvolvimento de um jogo vendendo também adaptações literárias, figuras de ação e roupas exclusivas. A CD Projekt Red, no entanto, pretende levar os produtos derivados um passo adiante. Prepare-se para o livro de colorir Witcher 3, em parceria com a editora de quadrinhos DarkHorse. Um livro de colorir para adultos, diga-se de passagem.

A empresa anunciou ontem o lançamento de seu livro de colorir para adultos, e Rafal Jaki, um dos desenvolvedores da franquia, confirmou por meio de um tweet que o livre terá a famosa cena na banheira de Geralt, o protagonista da série.

Considerando que o livro foi desenvolvido para adultos, e que a franquia The Witcher é conhecida também por sua violência e cenas picantes, é de se esperar imagens especias de outras personagens. Uma outro foto vazada mostra também a cena de uma amputação.

O livro começa a ser oficialmente comercializado no dia 1º de novembro, e irá custar 15 dólares. Um preço justo, considerando que o livro de colorir Witcher 3 terá 96 páginas em sua versão finalizada. Ainda não há previsão para uma versão brasileira, mas, considerando a facilidade de exportar o material e o grande público potencial no Brasil, não devemos esperar muito para isso. Principalmente se considerarmos que uma série The Witcher já está em produção, que deve atrair novos fãs para além dos videogames e dos livros.

Resident Evil no Switch | Mais jogos depois de Revelations?

A Nintendo está investindo pesado em títulos novos de suas principais franquias, como demonstrou na E3 de 2017. Isso porque consoles ainda são plataformas caras, e é necessário que o jogador possua uma grande seleção de jogos para que sua compra valha a pena. Outra estratégia para aumentar o catálogo do Nintendo Switch, no entanto, está na criação de versões de jogos já consagrados pelo público. Essa semana, ficamos sabendo da adaptação dos dois jogos da série Resident Evil: Revelations.

Os jogos Resident Evil: Revelations foram lançados em 2012 e 2015, respectivamente. O sucesso inicial dos títulos se deu devido a um certo retorno ao survival horror, característica do início da franquia que foi gradualmente trocada pela ação na série principal. Uma nova versão dos jogos, para PlayStation 4 e Xbox One, já estava confirmada, mas agora o Nintendo Switch entrou para a lista de plataformas que recebem os jogos ainda esse ano. A parte mais importante desse anúncio é que isso pode ser um primeiro passo para que Resident Evil 7, o melhor da série em muitos anos, também consiga ganhar sua versão para Switch.

Re:Legend | Sucesso no Kickstarter e grande promessa para o futuro

Na semana passada, um promissor jogo teve o lançamento de sua campanha de financiamento coletivo na plataforma Kickstarter. Re:Legend estava em desenvolvimento há quase dois anos quando, devido a problemas financeiros, perdeu seus investidores. Ao invés de desistir do projeto, a equipe envolvida, sob a alcunha de Magnus Games, decidiu pedir a ajuda de jogadores ao redor do mundo para financiar a versão final de Re:Legend.

Para concluir o jogo, a equipe precisava arrecadar 70 mil dólares de Singapura. Pouco mais de 160 mil reais. Em menos de 18 horas, o projeto já estava financiado. Agora, uma semana depois do início do projeto, a equipe já arrecadou duas vezes e meia a meta inicial. Para além do lançamento para computador, caso a arrecadação continue a Magnus Games se responsabilizou por versões para outros consoles, começando pelo Switch, passando pelo Playstation 4 e chegando ao Xbox One. Tudo irá depender de quanto mais o projeto irá arrecadar nos próximos 20 dias.

Re:Legend atraiu a atenção de milhares de jogadores por conta de sua proposta de mistura JRPG com simulador de fazendas. No jogo, será possível explorar biomas diferentes, construir fazendas, pescar, plantar e domesticar criaturas especiais chamadas Magnus. Os Magnus possuem habilidades especiais que ajudam nas tarefas diárias, mas também são companheiros de combate na exploração do mundo. Principalmente contra outros Magnus mais poderosos. O jogo também conta com um sistema multiplayer, e será possível se unir a amigos para cumprir tarefas. Não tem como não ficar animado!