Liga da Justiça | Lobo da Estepe, Darkseid e os Novos Deuses

0

Vinheta da Mãe SerpenteJá faz uma semana que Liga da Justiça (Justice League) estreou nos cinemas brasileiros. E embora não tenha sido tão bom quanto a equipe de heróis merecia, o filme é capaz de dar alguma esperança quanto ao futuro do Universo Estendido da DC. E já que uma resenha sem spoilers está disponível desde a semana passada, é hora de discutir e pensar o que exatamente esse futuro promete sem medo de estragar a experiência para ninguém. E um dos principais ganchos de Liga da Justiça é justamente a relação de Lobo da Estepe com todo uma raça de seres superpoderosos. Afinal, nos monólogos do vilão ficamos sabendo que ele pretende conquistar a Terra em nome de Darkseid, para reconquistar seu lugar junto aos Novos Deuses.

Quem são os Novos Deuses?

Na década de 70, Jack Kirby, uma lenda dos quadrinhos, criou a mitologia que até hoje é utilizada em estórias da DC. Nessa mitologia, seres superpoderosos viviam em um planeta deslocado do espaço e tempo como conhecemos, um lugar chamado Urgrund. Pelo menos até que facções diferentes surgissem para dividir esses seres, conhecidos como Deuses Antigos, em forças do bem e do mal. O confronto dos Deuses Antigos resultou na destruição de Urgrund, em um evento chamado Ragnarok. Das cinzas de Urgund dois novos mundos foram criados: Nova Gênese e Apokolips. Nesses dois planetas, gêmeos, mas completamente diferentes, os Novos Deuses mantém uma eterna Guerra Fria. De modo a impedir sua destruição mútua, os governantes de Nova Gênese e Apokolips decidiram não interferir nos planos um do outro.

Imagem de Nova Gênesi (New Genesis) e Apokolips, lado a lado. Os planetas são o lar dos Novos Deuses da DC.
De um lado, o planeta paradisíaco de Nova Gênese. Do outro, o inferno desolado de Apokolips.

O governante de Nova Gênese, o Pai Celestial, como um eterno defensor da paz entre os povos, decide que determinados locais do tempo e espaço estão sob sua proteção, e não podem ser atacados pelas forças de Apokolips. Já o governante de Apokolips, Darkseid, age como um tirano conquistador, e Nova Gênese não tem o direito de interferir com os alvos que ele escolhe para subjugar. Duas metades de uma mesma realidade, os Novos Deuses de Nova Gênese e Apokolips seguem princípios completamente opostos, e sempre existe o risco de guerra entre as duas facções. Todos os Novos Deuses, independente do planeta de origem, são seres superiores, que ultrapassam os humanos em força, velocidade, resistência e inteligência. Os Novos Deuses também são quase imortais, e invulneráveis a quase tudo o que existe no universo. Não é à toa que a Liga da Justiça sofreu tanto para derrotar Lobo da Estepe no filme. Mas só imagine o que vai acontecer quando outros desses seres surgirem nas telonas!

Os Novos Deuses de Nova Gênese

O Pai Celestial, Izaya, governa os cenários paradisíacos de Nova Gênese. A tecnologia avançada dos Novos Deuses é usada para preservar a natureza e a vida no planeta. Não é à toa que os Novos Deuses de lá se tornam grandes aliados da Liga da Justiça.

Os Novos Deuses de Apokolips

No seu trono em Apokolips, Darkseid usa toda a engenhosidade dos Novos Deuses para criar um planeta cheio de crateras vulcânicas e rios de lava. O cenário devastado de Apokolips é lar de muitos Novos Deuses que se tornam inimigos mortais da Liga da Justiça.