Náusea News | Youngblood de volta e outras paradas…

0
123

náusea vinheta

Minha camaradagem!

Está no ar mais um Náusea News, sua sequência de jabs das segundas de manhã!

Náusea NewsOuça o disco que mistura Beatles e Star Wars!

Dan Amrich e Jude Kelley são músicos que também são humoristas especializados em paródias. Eles formam a dupla Palette-Swap Ninja e acabam de lançar um disco inteiro misturando o lendário Sgt. Pepper’s dos Beatles com letras inspiradas no primeiro filme de Star Wars.

O disco se chama Princesa Leia Roubou os Planos da Estrela da Morte (Princess Leia’s Stolen Death Star Plans).  São treze faixas – algumas estão juntas na playlist do Youtube aí em cima –, todas regravações dos arranjos de Sgt. Pepper’s, com letras que contam a história de Uma Nova Esperança (A New Hope, 1977) de uma forma que arrebenta todos os medidores de fanservice possíveis.

Cara, que ideia legal…

Náusea NewsFizeram uma roupa funcional do Homem de Ferro!!!

É isso! Isso é o que se consegue quando temos tempo livre! Viva o tempo livre, senhoras e senhores!!

O autor da façanha é Richard Browning, um militar reservista da Marinha Britânica e inventor nas horas vagas. Em entrevista à BBC News, ele disse que “o traje já desperta interesse de investidores, inclusive das Forças Armadas Britânicas”. Apesar disso, Browning vê mais futuro para o equipamento “como uma peça de lazer, como um jet ski ou outro equipamento para diversão.”

O traje, apelidado de “roupa do Dédalo” pelo filho mais novo de Richard, em alusão à lenda grega de Ícaro, possui seis pequenos motores a jato, além de um capacete equipado com um display – que no momento só aponta quanto resta de combustível. O projeto faz parte de uma empresa “start-up” fundada por ele, chamada Gravity, que tem a intenção de pesquisar tecnologias desse tipo.

Apesar de só ter divulgados voos baixos “por questões de segurança”, o inventor alega que o traje possui autonomia pra dez minutos de voo estável apenas, mas já é capaz de alcançar absurdos 320 quilômetros por hora e voar a 2 mil metros do chão.

Parcero…

Eu não sei se de fato o traje já faz tudo isso, mas acho que é questão de tempo e já vou começar a juntar dinheiro. Bastante dinheiro.

Náusea News

Filmes e séries da Marvel podem se cruzar, afirma Kevin Feige…

… que se você não sabe, é o cara que manda prender e manda soltar por aquelas paragens.

Durante uma promoção de Guardiões da Galáxia Vol. 2, perguntaram a ele se – adaptação minha –: “um personagem que aparecesse numa das séries de TV da Marvel ficaria inelegível pra aparecer num filme”. Jeph Loeb, que hoje é o chefe do núcleo de TV da Marvel, já havia dito que nunca rolaria, mas Feige bancou o contrário, vejam vocês (adaptado por mim):

O futuro é incerto. Então, o fato é que eu na verdade não sei, mas temos muitas séries sendo feitas e tomara que a gente continue a fazer muitos filmes. Em algum momento, vai acabar tendo um crossover. Crossover, repetição ou algo assim.

Parcero,

Tá, ele não bancooooou tanto assim e ficou bem em cima do muro. Mas na real, a lógica é que em algum momento, no ritmo de produção que a Marvel tem hoje, vai faltar personagem pra usar, então… um crossover é inevitável. Se bem que eu acho que depois de Guerra Infinita vai rolar um tempo de hiato de filmes e depois a Marvel volta com um reboot da porra toda. Anotem aí.

Náusea NewsYOUNGBLOOD ESTÁ VOLTANDO NESSA PORRA!

Sim, o clássico maior dos anusnoventa. O gibi que definiu sozinho o zeitgeist de uma década. O título que abriu os trabalhos da Image Comics e catapultou de vez Rob Liefeld – o cara que todos amam odiar – para a imortalidade artística. Youngblood está voltando, seus porras.

Você já leu sobre isso no ano passado, aqui.

Os roteiros ficam por conta de Chad Bowers (X-Men ’92, Deadpool: Bad Blood) e a arte é de Jim Towe, que ganhou a oportunidade de fazer seu primeiro trabalho em gibis depois de mandar uns esboços diretamente para o Twitter de Liefeld – que respondeu oferecendo o emprego. Quão foda é isso, parcêro?

Pois é, Liefeld não participa diretamente desse novo arco de histórias, mas já prometeu fazer algumas capas variantes ao longo dessas primeiras doze edições, para nossa alegria.

De acordo com a própria equipe criativa, não se trata de um reboot, apesar da liberdade criativa que foi dada a eles. Todo o conceito de “super herói/celebridade” introduzido pelo próprio Liefeld nas primeiras edições de Youngblood vai continuar sendo abordado, dessa vez com todo o ambiente de redes sociais e comunicação instantânea, coisa que há 20 anos atrás ainda era quase ficção científica.

Saiu quarta-feira passada nas comic shops americanas e naquele link maroto mais próximo da sua casa. Eu já comecei a ler – claro – e trago resenha das primeiras edições assim que o expediente lá do bar permitir. Fiquem aqui com as capas de Youngblood V1 #1, o começo disso tudo e meu papel de parede do computador até hoje.

E esse foi o Náusea News, sua sequência de jabs das segundas de manhã. Eu volto na sexta de tarde e também ao longo da semana, se alguma coisa extremamente foda acontecer. Bjundas.