Doutor Estranho | Lista de easter eggs – Parte 1

0
842

náusea vinhetaMinha Camaradagem!

Uma parte importante dos filmes da Marvel são os easter eggs. Não sabe o que é ou não ligou o nome à pessoa? explico:

Significa literalmente ovo de páscoa e se refere a qualquer coisa escondida em filmes, jogos e afins. O termo é usado por conta da tradição europeia e também norte americana de esconder ovos no dia da páscoa e deixar as crianças procurarem.

Sendo que no filme do Doutor Estranho foram tantas referências e citações que nem comentei sobre eles nas duas resenhas que já fiz – leia aqui e aqui. Resolvi então fazer um post separado, pra não ficar tão quilométrico.

Mas o lance é que ainda assim, ficou. Então hoje vocês ganham a primeira parte desse artigo e na segunda vem a segunda 🙂 Então, sem enrolar mais,

Vem com nós

1 – Shambala

Começando pelo primeiro easter egg a dar as caras, ainda no primeiro trailer do filme, Shambala – também se escreve Shambhala e no mundo ocidental é bem mais conhecida como Shangri-lá – é um lugar lendário, citado em vários textos centrais do budismo, como o Kalachakra Tantra. De acordo com a mitologia é um lugar “onde somente os puros de coração podem viver. Um lugar onde o amor e a sabedoria reinam e as pessoas são imunes ao sofrimento, aos desejos ou à velhice”. O termo vem do idioma sânscrito e significa “lugar de paz” ou “lugar de silêncio”.

Doutor Estranho

No universo Marvel, o Ancião – que no filme virou a Anciã – nasceu em Shambala, o que explica sua imortalidade. No filme não há nenhuma outra menção à Shambala além da piada do Wifi, fora que já sabemos que a Anciã não envelhece porque drenava energia da Dimensão Negra. Então, provavelmente essa origem dos gibis não vai ser usada nos filmes.

Tem um gibi bem legal chamado Doutor Estranho – Shamballa, que acabou de ser republicado pela Panini, inclusive. É de 1986, com J.M. DeMatteis e Dan Green no comando. Nessa história o Doutor Estranho visita Shamballa para honrar a terra natal de seu mestre.

Doutor Estranho

2 – Tribunal Vivo

Vocês devem lembrar: durante um treino, Mordo explica pro Strange que algumas magias são tão poderosas que não poderiam ser sustentadas por um humano sozinho, então artefatos são usados pra segurar essa barra que é gostar de você. Nisso ele mostra duas paradas e a primeira é o Bastão do Tribunal Vivo. Fodão o nome, né? Imponente e tal.

Doutor Estranho

Esse objeto em si não existe nos gibis, mas o Tribunal Vivo sim. É o segundo ser mais poderoso do Universo Marvel, atrás apenas do One-Above-All, que é literalmente o “Deus” daquelas paragens.

Doutor Estranho

É uma entidade cósmica responsável por manter o equilíbrio do universo. Seus três rostos representam a igualdade, a necessidade e a vingança. Como a própria entidade é muito fodona, raramente intervém “em pessoa”, então essas três facetas do Tribunal Vivo costumam ter representantes. No caso do universo 616 – o universo “normal” da Marvel – esses representantes são Galactus (Igualdade), Eternidade (Necessidade) e Morte (Vingança).

Como enfio uma referência aos anos 90 sempre que posso por aqui, vou lembrar que o Tribunal Vivo foi uma peça fundamental no crossover Marvel vs DC – o confronto do século – que saiu em 96.

Doutor Estranho

3 – Outras paradas mágicas

A outra parada que o Mordo mostra são as Botas de Valtorr. O tal Valtorr na real nunca apareceu nos gibis, mas os Vapores de Valtorr são constantemente citados pelo Doutor Estranho, que usa esse poder pra se proteger.

Doutor Estranho

E ainda teve o Bastão de Watoomb, que o Wong acaba usando no final do filme, tá ligado?

Doutor Estranho

Ao contrário de Valtorr, Watoomb já apareceu nos gibis, embora pouquíssimas vezes. Pra variar, é uma entidade poderosa pra caralho e além do bastão, Strange costuma usar os Ventos de Watoomb pra se teleportar.

Doutor Estranho

4 – O livro de Cagliostro

Basicamente é a parada mágica onde o filme se apóia desde o início, quando Kaecillius mata o bibliotecário e rouba algumas páginas. Nos gibis, o Livro de Cagliostro contém feitiços absurdamente poderosos, além da chave para controlar o tempo. A mudança no filme é que o livro ensina como operar o Olho de Agamotto, que por sua vez também pode ser usado pra controlar o tempo.

Um fato interessante é que Cagliostro realmente existiu:

Doutor Estranho

Alessandro di Cagliostro nasceu na Itália e se apresentava como Conde de Cagliostro. Seu nome verdadeiro era Giuseppe Giovanni Battista Vincenzo Pietro Antonio Matteo Balsamo, vai vendo.

Era um estudioso de ocultismo, alquimia, ciências proibidas e outras merdas e por conta disso foi ganhando fama de “mago” no século XVIII. Chegou a ser bem quisto pelo Rei Luís XVI, da França, quando passou a frequentar a corte e acabou sendo preso na Bastilha por seis meses após a Revolução Francesa. Foi acusado de ter participado de vários roubos e golpes e chegou a ser preso pela Santa Inquisição em Roma, acusado de bruxaria, heresia e de prática ilegal de ritos da Maçonaria. Foi condenado à prisão perpétua e sua morte demorou a ser anunciada pela Europa, o que só ajudou a aumentar o mistério em torno de sua vida.

Nos anos 70, Cagliostro caiu no gosto dos novos fãs do ocultismo, que estava na moda naquela época. Assim como Allester Crowley, até hoje influencia de uma forma ou de outra quem curte essas paradas. Mas o livro de Cagliostro foi invenção da Marvel mesmo.

5 – Olho de Agamotto

Doutor Estranho

Nos gibis o Olho de Agamotto acompanha o Doutor Estranho desde sua história de origem. Steve Ditko, o artista original, disse que se inspirou no olho que tudo vê, de Buda, pra fazer o seu design.

Doutor Estranho

E não é que dessa vez ficou bem claro que o Olho de Agamoto contém uma Joia do Infinito? Agora ficou mais fácil matar qual é qual.

Nos filmes já tivemos (meus chutes, já que só confirmaram a do poder):

  • Joia azul (espaço) dentro do Tesseract/ Cubo Cósmico em Capitão América e Vingadores
  • Joia amarela (mente) dentro do cetro do Loki em Vingadores e agora na testa do Visão, depois de A era de Ultron
  • Joia vermelha (realidade) dentro do Éter em Thor 2
  • Joia Roxa (poder) aquilo que todos querem em Guardiões da Galáxia
  • Joia verde (tempo) dentro do Olho de Agamotto em Doutor Estranho

Agora só falta a joia laranja, da alma. Façam suas apostas.

Nos gibis, as cores mudam:

Doutor Estranho

Essas seis pedras, joias ou gemas, dependendo da tradução, são a fonte de poder de todo o universo e quem consegue reuni-las, bom, fica bem fodão. E já está bem claro que serão parte da trama dos dois filmes de Guerra Infinita que vem por aí.

Beleza, essa foi a primeira parte dos easter eggs de Doutor Estranho. Na segunda feira eu volto com a parte dois. Bjundas

ATUALIZANDO

A parte 2 da lista já está no ar aqui.