Falange Resenha | Narcos – 2ª temporada (com spoiler)

0

Vinheta Carcaju - Falange

E aí, galera! Nesse mês de setembro, a Netflix estreou a 2ª temporada de Narcos e está cheia de violência, suspense, perseguições e, por incrível que pareça, até mesmo ternura e compaixão nos últimos dias do narco-terrorista Pablo Escobar. Caso alguns ainda não conheçam a história de Escobar, assim como na vida real, ele morre nessa segunda temporada. 

Para quem ainda não viu o fim da primeira temporada, isso era algo óbvio que aconteceria muito em breve. Mesmo porque a série vem seguindo passo a passo a vida dos narco-traficantes, então mais do que justo não começarem a alongar demais a vida de cada chefão do trafico para não ficar chato. Mesmo porque a série chama Narcos e não Escobar.

Analise dos principais personagens

A atuação de Wagner Moura como Escobar melhorou ainda mais, apesar do seu sotaque ridículo que foi duramente criticado na primeira temporada, com seu espanhol fraco. Desta vez, o seu castelhano atinge um nível aceitável, o suficiente para que possamos nos concentrar só em seu excelente desempenho como Pablo.

Falange narcos-recap-episode-7
Wagner Moura, com sua atuação como Escobar, vai deixar saudade na série.

Além de Moura, outro destaque fica por conta do ator Pedro Pascal, que retorna como Javier Peña, um dos dois principais agentes da DEA na série, que estão obsessivamente perseguindo o narco por toda Colômbia. O seu personagem navega entre o bem e o mal, confrontando todos os critérios éticos e morais em cada situação de urgência. O personagem ganha um grande destaque, se transformando na força de sustentação de toda a estória desta temporada.

Falange - PEDRO PASCAL stars in NARCOS.
Desde a primeira temporada Pedro Pascal, como Javier Peña, coloca o personagem em uma crescente.

Boyd Holbrook volta como o outro agente da DEA, Steve Murphy, que “representa” a parte americana na estória, em um país do Terceiro Mundo que mal pode compreender. A única importância de Murphy na série é porque ele narra os acontecimentos da história, mas seu personagem é muito fraco em comparação com Penã. Na segunda temporada, Penã e ele são acompanhados por agentes da CIA, um novo embaixador dos EUA – mais agressivo – e uma chefa do DEA, que eles não sabem se é uma aliada ou inimiga.

Falange - 367ab59400000578-3702175-image-m-35_1469132771399
Boyd Holbrook volta como o outro agente da DEA, Steve Murphy.

Os destaques da temporada

Esta segunda temporada foi marcante por mostrar como Pablo Escobar consegue sobreviver por tanto tempo à implacável perseguição do governo, das agências especiais dos EUA e de seus inimigos narcotraficantes por toda a Colômbia.

Falange - 150911170900_narcos2_624x351_netflix-ap_nocredit

Mesmo com maior presença dos EUA no conflito colombiano, o narco-terrorismo continua presente e crescendo. Com o agravante dos guerrilheiros comunistas e paramilitares de direita representados pelos irmãos Castaños, que se unem ao Cartel de Cali para formar um esquadrão de extermínio, Los Pepes. Tudo isso para aproveitar a incapacidade de Escobar em continuar seu negócio e matá-lo.

narcos-2x06
Guerrilheiros comunistas e paramilitares de direita representados pelos irmãos Castaños.
Narcos Los Pepes
Don Berna e os Irmãos Castaños se unem ao cartel de Cali e formam o esquadrão de extermínio, Los Pepes, para matar Escobar.

A violência nesta segunda temporada, embora pareça impossível chegar próximo do que foi na vida real, consegue atingir novos níveis. Mais explosões, assassinatos em massa, esquadrões da morte e mais e mais sangue. A guerra entre os cartéis não tem fim, muitos que merecem perdem a vida, mas também muitos inocentes, como na verdadeira história da Colômbia. Porém, também existe uma mescla com sua própria narrativa.

Falange - 367ab55b00000578-3702175-image-m-39_1469132925916

Embora muitos dos personagens e eventos sejam inspirados na vida real, não são as verdadeiras reflexões da época. No entanto, o excelente uso de material documental – fotos e segmentos de televisão – não se repete da mesma maneira do que na primeira temporada, algo que a maioria dos fãs do aspecto histórico de Narcos vai perder.

Falange - 367ab5c900000578-3702175-image-m-38_1469132825328
Uma marca da série é a utilização do excelente material documental, fotos e segmentos de televisão. Está é uma das notícias internacionais da época, quando Pablo Escobar escapou da prisão.

Além dos gringos e colombianos, outro destaque fica por conta do governo colombiano do presidente César Gaviria. Ele é humilhado pela fuga da prisão de Escobar na primeira temporada, que o deixa desesperado para capturar e matar Escobar. A ineficiência do seu governo deixa os policiais na linha de frente na caçada e eles acabam virando as maiores vítimas na série.

Falange - narcos_201_00682rc
Raúl Méndez, que interpreta o presidente colombiano César Gaviria.

A temporada

Tudo começa com a fuga de Escobar da Catedral, a prisão que foi feita por ele, e cada um dos 10 episódios mostram o declínio gradual do que foi o mais poderoso narco-terrorista da Colômbia. A série mostra o passo a passo de sua queda, enquanto nos lembra de vez em quando que ele também é um ser humano com sua família. A personagem de sua esposa, que não tinha um destaque na primeira temporada, ganhou bastante importância: Tata Escobar (Paulina Gaitan) desempenha o papel importante de destaque no conflito entre apoiar seu marido e proteger seus filhos. Isso cria outro grande seguimento de tensão e suspense na temporada.

Falange - narcos_tata_still
Paulina Gaitán, que interpreta Tata Escobar, e Paulina García, que interpreta a mãe de Pablo, D. Hermilda.

O Escobar dessa temporada é melhor por causa de sua demonstração de fragilidade e profunda humanidade pelos pobres. Não entenda mal. Ele era um assassino sanguinário, mas, nesta temporada, Narcos faz um bom trabalho em mostrar as suas “motivações”, e os seus inúmeros inimigos. O trabalho é tão bom que quando Escobar finalmente morre em meio a um tiroteio, nós, espectadores, por incrível que pareça, chegamos a lamentar sua morte.

A segunda temporada está disponível globalmente na Netflix desde 2 de setembro de 2016.

Quando Escobar morreu, a primeira pergunta que me veio à mente foi: sera que terá uma terceira temporada Narcos sem o chefe dos chefes?

A resposta da Netflix foi esta:

Então, até 2017.