Boletim Bastille | 3 séries Marvel/Netflix em 2018 e outras notícias

0

Vinheta BastilleBonjour! Já sabem… Quarta-feira, dia do Boletim Bastille, dia de falar sobre nossos heróis favoritos e outros assuntos. E hoje, temos as notícias seguintes:
Três séries da parceria Marvel/Netflix em 2018: Demolidor (Daredevil), Jessica Jones Luke Cage;
– Sucesso e problemas enfrentados por Mulher-Maravilha (Wonder Woman);
– Impossível resureição de Barb em Stranger Things 2.

Marvel/Netflix | Três séries por ano?

A associação da Marvel com a Netflix para a produção de seriados sobre heróis “menores” do que os dos filmes já rendeu quatro seriados diferentes, e dois outros estão a caminho. Em 2015, Demolidor estreou essa parceria, seguido poucos meses depois por Jessica Jones. No ano seguinte, em 2016, tivemos a segunda temporada de Demolidor, e a primeira de Luke Cage. Mas esse ritmo de duas temporadas por ano está se intensificando. Assim, nos meados de maio desse ano saiu Punho de Ferro (Iron Fist). Em 18 de agosto, teremos a reunião de todos esses heróis, em Os Defensores (The Defenders). E, apesar de não ter uma data definida, Justiceiro (Punisher), seriado derivado de Demolidor, chegará à Netflix esse ano ainda.

Agora, a Entertainment Weekly divulgou um vídeo com todos os futuros lançamentos dos seriados da Marvel. Por mais que a informação não tenha vindo da Marvel nem da Netflix, pode ser considerada como certa, pois a EW costuma obter informações antes de qualquer outra mídia. O vídeo anuncia que a terceira temporada de Demolidor estará disponível em 2018, assim como as segundas temporadas de Jessica Jones e de Luke Cage. No entanto, ainda não se sabe em que momento do ano cada uma será disponibilizada. Porém, é bem provável que a ordem seja a seguinte: Jessica JonesLuke Cage e, por fim, Demolidor. Isso porque a primeira já começou a ser filmada, e a segunda deve começar as filmagens daqui a poucos meses, enquanto a terceira ainda está em fase de pré-produção.

Esse anúncio é uma ótima notícia, já que as três primeiras séries da parceria Marvel/Netflix foram aclamadas pela sua qualidade, ao contrário da última, Punho de Ferro. E enquanto esperamos ansiosos por essas novas temporadas, agosto está chegando, com Os Defensores, que deve mudar um pouco o rumo das séries solo.

Mulher-Maravilha | Muito sucesso… e alguns banimentos

Considerados por muitos como o melhor – e primeiro bom – filme do DCEU, Mulher-Maravilha é um sucesso. No RottenTomatoes, que agrupa centenas de opiniões de telespectadores e de críticos, o filme consegue porcentagens de aprovação acima de 90% (92% do público, 93% dos críticos). E essa aprovação se reflete nas bilheterias: o filme, após uma semana de cartaz, já arrecadou mais de 250 milhões de dólares, se posicionando assim no décimo quinto lugar dos filmes com melhor bilheteria em 2017, o que é um feito importante considerando que foi lançado há poucos dias.

Mas além do sucesso, o longa-metragem também encontra problemas em alguns países, devido à presença de Gal Gadot. A atriz israelense, que fez serviço militar, já demonstrou suporte para as tropas de seu país em suas ofensivas na Faixa de Gaza em 2014. Algo que causou o banimento do filme no Líbano, país que está há décadas em guerra contra Israel e cujo Ministério da Economia e do Comércio botou Gal Gadot em uma espécie de lista negra. Na Tunísia, a exibição do filme foi suspensa, pelos mesmos motivos. E na Algéria, o longa foi repentinamente retirado da programação de um festival de cinema, oficialmente por causa de “problemas administrativos ligados a direitos de exibição”, mas não se pode descartar a ideia do motivo real ser o mesmo que nos outros países.

Esses problemas, no entanto, não pesam muito no sucesso de Mulher-Maravilha, cuja sequência está praticamente garantida, pois a atriz Gal Gadot já foi contratada para Mulher-Maravilha 2, e a diretora Patty Jenkins também deve fechar um contrato em breve.

Stranger Things 2 | Barb não será ressucitada

E vamos terminar com uma notícia que vai entristecer muitos fãs de Stranger Things. Na primeira temporada, a personagem de Barbara Holland – Barb – se tornou muito querida pelo público, por representar o que seria uma adolescente normal, com seus problemas em se encaixar em meio aos outros jovens. E sua morte logo no início da temporada não agradou muito, deixando os fãs com um certo sentimento de injustiça.

Como a série tem elementos sobrenaturais, ainda havia a possibilidade de ressuscitar a personagem. Possibilidade que foi negada por Matt e Ross Duffer, criadores da série. “Não há como ressucitar Barb. Foi surprendente a forma como ela partiu. Eu me identifiquei com ela, então acho que outras pessoas também.” Algo que confirma os dizeres do ator David Harbour (Jim Hopper na série) no ano passado: “Posso afirmar que Barb está muito morta. […] na segunda temporada, lidamos com a raiva da internet em relação à morte de Barb… teremos justiça para a morte de Barb, de alguma forma.”

É isso por hoje. Mas na próxima quinta, podem esperar por mais notícias heroicas por aqui. À bientôt!